Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em
20 de Setembro de 2017.

Resumo

A insuficiência cardíaca congestiva ocorre quando o coração não consegue bombear sangue com eficiência, o que causa refluxo. Quando este ocorre do lado direito do coração, que recebe sangue da circulação periférica, causa edema das pernas, que piora quando a pessoa fica em pé e melhora quando ela se deita. Refluxo do lado esquerdo do coração, que recebe sangue dos pulmões, provoca edema pulmonar, com falta de ar e tosse, especialmente durante exercícios ou ao se deitar. Muitas pessoas com insuficiência cardíaca congestiva têm sintomas relacionados com refluxo nos dois lados do coração.

Além de edema e falta de ar, podem ocorrer outros sintomas, como palpitações, taquicardia, fraqueza ou fadiga, intolerância a exercícios, tosse e sibilos, ganho de peso rápido, perda do apetite e náuseas.

A insuficiência cardíaca congestiva em geral é crônica e progressiva, e envolve risco de vida. A diminuição da perfusão dos tecidos (passagem de líquidos) pode causar lesão e perda de função de órgãos.

As causas de insuficiência cardíaca congestiva incluem hipertensão arterial, infarto do miocárdio, cardiomiopatias, lesões valvares ou do pericárdio, fibrose pulmonar e hipertireoidismo grave. Os fatores de risco são obesidade, diabetes, fumo e abuso de álcool ou de cocaína.

Exames

O diagnóstico é feito usando a história clínica, o exame físico e alguns exames laboratoriais e não laboratoriais, incluindo radiografias, eletrocardiograma e ecocardiograma. Exames laboratoriais podem incluir:

  • Exames gerais para verificar o equilíbrio eletrolítico e a função renal
  • Hemograma para verificar anemia, que pode causar e exacerbar a insuficiência cardíaca
  • Peptídio natriurético cerebral (BNP) ou seu precursor, NT-proBNP, hormônio produzido nos ventrículos em resposta ao alongamento das fibras musculares cardíacas. É útil no diagnóstico e na avaliação da gravidade da insuficiência cardíaca congestiva.

 

Tratamento

A insuficiência cardíaca congestiva em geral é progressiva. O tratamento tem o objjetivo de estabilizar o processo e aliviar os sintomas. Envolve controle da ingestão de sal e de água, diuréticos e medicamentos que agem sobre o coração, como betabloqueadores, inibidores da enzima conversora da angiotensina, bloqueadores do receptor da angiotensina e outros. Em casos graves, o médico pode considerar a necessidade de  fazer transplante de coração.

Páginas relacionadas


Neste site
Exames: urinálise, eletrólitos, BNP (peptídio natriurético cerebral)
Estados clínicos/Doenças: infarto do miocárdio, doenças cardíacas

Em outros sites da Internet
American Heart Assocition: Congestive Heart Failure
MayoClinic.com: Heart failure

Fontes do artigo

NOTA: Este artigo se baseia em pesquisas que incluíram as fontes citadas e a experiência coletiva de Lab Tests Online Conselho de Revisão Editorial. Este artigo é submetido a revisões periódicas do Conselho Editorial, e pode ser atualizado como resultado dessas revisões. Novas fontes citadas serão adicionadas à lista e distinguidas das fontes originais usadas.

Fontes usadas na revisão atual
MedlinePlus Medical Encyclopedia: Heart Failure. Available online at http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000158.htm . Accessed October 2008.

eMedicineHealth.com: Congestive Heart Failure. Available online at http://www.emedicinehealth.com/congestive_heart_failure/page5_em.htm#Exams%20and%20Tests through http://www.emedicinehealth.com. Accessed October 2008.

MayoClinic.com: Heart failure: Symptoms. Available online at http://www.mayoclinic.com/health/heart-failure/DS00061/DSECTION=symptoms through http://www.mayoclinic.com.

Fontes usadas em revisões anteriores
Clinical Chemistry: Principles, Procedures, Correlations. Bishop M, Duben-Engelkirk J, Fody E, eds. 4th ed. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins; 2000.

Clinical Chemistry: Theory, Analysis, and Correlations. Kaplan L, Pesce A, eds. 2nd ed. St. Louis: The C. V. Mosby Company; 1989.