Também conhecido como
Artrite reumatoide idiopática
Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em 10 de Julho de 2017.

O que é?


Artrite reumatoide juvenil, também chamada artrite reumatoide idiopática, é um tipo de artrite crônica que ocorre em crianças. É caracterizada por inflamação, dor, aumento de volume, vermelhidão e rigidez em articulações. Pode resultar em lesões articulares permanentes, afetar o crescimento e causar inflamação nos olhos (uveíte) e em órgãos internos.

A artrite reumatoide juvenil, assim como a artrite reumatoide de adultos, é considerada uma doença autoimune. Entretanto, a forma juvenil pode desaparecer com a idade. Pode haver uma tendência hereditária com fatores desencadeantes envolvidos, mas pouco se sabe sobre isso.

A artrite reumatoide juvenil é classificada em três tipos principais, com base no número de articulações afetadas e no envolvimento de órgãos internos:

  • Pauciarticular (oligoartrite) – Afeta quatro ou menos articulações, em geral grandes articulações como os joelhos. Compreende cerca de 50% dos casos.
  • Poliarticular – Afeta cinco ou mais articulações, especialmente dos dedos e das mãos. É mais frequente em meninas.
  • Sistêmica – Afeta articulações e órgãos internos, provocando febre e erupções cutâneas intermitentes. É a forma menos comum.

Os sintomas variam entre as crianças e com o tempo, com exacerbações e remissões. Em alguns casos, são persistentes, em outros, desaparecem completamente. O diagnóstico de artrite reumatoide juvenil é considerado em crianças com sintomas durante pelo menos seis semanas. Os sintomas incluem rigidez matinal, claudicação, relutância em mover o membro afetado, dor e edema nas articulações afetadas. Crianças com a forma sistêmica têm febre intermitente, erupções cutâneas, aumento de linfonodos e, em alguns casos, aumento do fígado e do baço. As complicações podem incluir inflamação nos olhos e problemas de crescimento. As articulações afetadas podem ter crescimento acelerado ou atrasado, o que resulta em diferenças de comprimento entre os membros e deformidades articulares. O crescimento geral também pode ser afetado.

Exames


O objetivo dos exames é diagnosticar a doença, distingui-la de outras formas de artrite, avaliar sua gravidade e acompanhar os efeitos do tratamento.

Exames laboratoriais
Exames laboratoriais que podem auxiliar o diagnóstico de artrite reumatoide juvenil e excluir outros distúrbios:

Os níveis de ferritina, embora não seja usada no diagnóstico, podem estar elevados.

Exames não laboratoriais

  • Radiografia das articulações e do tórax – Para identificar inflamação nas articulações e derrames pleurais e pericárdicos.
  • Exame oftalmológico - Para detectar inflamação ocular.
  • Eletrocardiograma – Para detectar inflamação cardíaca.

Tratamento


Não há cura para a artrite reumatoide juvenil. Os objetivos do tratamento são diminuir a dor e a inflamação, manter a mobilidade e a função articular, e minimizar complicações. O tratamento varia para cada paciente e com a fase da doença.

Além de repouso e exercícios adequados, evitando estresse sobre as articulações afetadas, são usados anti-inflamatórios não esteroides, corticosteroides e imunossupressores.

É muito importante fazer fisioterapia e exercícios regulares para manter a amplitude de movimentos e a força muscular. Podem ser usadas talas para manter a posição adequada da articulação. A rigidez matinal pode ser aliviada com tratamento de calor e frio.

Talvez seja necessário fazer algumas adaptações em casa e na escola, mas, na maioria dos casos, é possível levar uma vida normal, e isso  deve ser estimulado.

Páginas relacionadas


Neste site
Exames: hemograma, velocidade de hemossedimentação, proteína C reativa (PCR), anticorpos anti-núcleo, frator reumatoide, HLA-B27, hemocultura
Estados clínicos/Doenças: artrite, artrite reumatoide, distúrbios autoimunes

Em outros sites da Internet
Arthritis Foundation: Juvenile Rheumatoid Arthritis
MEDLINEplus Medical Encyclopedia: JRA

Fontes do artigo

NOTA: Este artigo se baseia em pesquisas que incluíram as fontes citadas e a experiência coletiva de Lab Tests Online Conselho de Revisão Editorial. Este artigo é submetido a revisões periódicas do Conselho Editorial, e pode ser atualizado como resultado dessas revisões. Novas fontes citadas serão adicionadas à lista e distinguidas das fontes originais usadas.

Fontes usadas na revisão atual

Arthritis Foundation. Juvenile Rheumatoid Arthritis. Available online at http://www.arthritis.org/disease-center.php?disease_id=38&df=definition through http://www.arthritis.org. Accessed October 2010.

KidsHealth by Nemours. Juvenile Rheumatoid Arthritis. Available online at http://kidshealth.org/parent/medical/arthritis/jra.html through http://kidshealth.org. Accessed October 2010.

Cincinnati Children's Hospital Medical Center. Juvenile Rheumatoid Arthritis. Available online at http://www.cincinnatichildrens.org/health/info/rheumatology/diagnose/jra.htm through http://www.cincinnatichildrens.org. Accessed October 2010.

Fontes usadas em revisões anteriores

Brescia, A. (2005 April, Updated) Juvenile Rheumatoid Arthritis. Nemours Foundation, KidsHealth for Parents [On-line information]. Available online at http://kidshealth.org/parent/medical/arthritis/jra.html through http://kidshealth.org.

(© 2006) Juvenile Rheumatoid Arthritis. Arthritis Foundation Disease Center [On-line information]. Available online at http://www.arthritis.org/conditions/DiseaseCenter/jra.asp through http://www.arthritis.org.

Abramson, L. (2004 May, Updated). Arthritis In Children. American College of Rheumatology [On-line information]. Available online at http://www.rheumatology.org/public/factsheets/arth_in_children.asp?aud=pat through http://www.rheumatology.org.

(2001 July, Currently being updated). Questions and Answers about Juvenile Rheumatoid Arthritis. NIAMS [On-line information]. Available online at http://www.niams.nih.gov/hi/topics/juvenile_arthritis/juvarthr.htm through http://www.niams.nih.gov.