Also Known As
OA
Osteoartrose
Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em
20 de Setembro de 2017.

O que é?


Osteoartrite, doença articular degenerativa crônica associada a lesões articulares e ao envelhecimento, é a forma mais comum de artrite, afetando cerca de 27 milhões de pessoas nos EUA. Em articulações móveis normais, a cartilagem articular e o líquido sinovial permitem movimentos quase sem fricção entre os ossos. Quando a cartilagem perde sua elasticidade ou se desgasta, os movimentos articulares se tornam mais difíceis. A falta da cartilagem permite fricção direta entre os ossos, o que causa dor intermitente ou contínua, rigidez após repouso e perda da mobilidade. Há formação de ossos novos nas bordas da cartilagem (osteófitos), que dificultam ainda mais os movimentos.

A osteoartrite ocorre nos dois sexos, mas tende a aparecer mais cedo (antes de 45 anos de idade) em homens do que em mulheres. É comum também em atletas submetidos a lesões articulares repetidas. A principal causa é mecânica, mas pode depender de fatores metabólicos, genéticos ou químicos. Obesidade, fraqueza muscular e doenças como artrite reumatóide, artrite séptica, gota, doença de Paget e hemocromatose podem aumentar o risco da doença ou piorar seus sintomas. As articulações afetadas com mais frequência são as dos quadris, joelhos, mãos e coluna vertebral.

Exames


Os objetivos dos exames são diagnosticar a osteoartrite, distingui-la de outras formas de artrite e monitorar o tratamento.

Exames laboratoriais
Não existem exames laboratoriais específicos para o diagnóstico de osteoartrite. Este se baseia na história clínica do paciente, no exame físico, em radiografia e, em alguns casos, no exame do líquido sinovial da articulação afetada. Podem ser realizados alguns exames para excluir outras doenças ou para avaliar a saúde geral da pessoa, como:

Exames não laboratoriais

  • Radiografias das articulações afetadas podem mostrar perda de cartilagem articular, estreitamento do espaço da articulação, lesões ósseas e osteófitos. A intensidade dos achados depende do grau de evolução da doença.
  • Ressonância magnética – Fornece imagens mais detalhadas das articulações envolvidas.

Tratamento


Os objetivos do tratamento são aliviar a dor, manter ou melhorar a mobilidade da articulação e evitar piora das lesões. A osteoartrite não pode ser curada, mas diversas alternativas de tratamento podem controlar a dor e melhorar a função articular. A prática de exercícios é um bom tratamento, e pode ser importante perder peso corporal. Também são usadas diversas formas de fisioterapia.

Há diversos medicamentos disponíveis para aliviar os sintomas. O acetaminofeno é recomendado com frequência para controlar a dor. Outros medicamentos usados no controle da dor são os anti-inflamatórios não esteroides, como ibuprofeno, cetoprofeno e naproxeno. Inibidores da COX-2, como celecoxibe, agem como os anti-inflamatórios não esteroides, mas têm tolerância melhor. Para diminuir a inflamação e aliviar a dor são injetados diretamente na articulação esteroides, como a dexametasona. Também é possível submeter-se a cirurgias para corrigir defeitos ou substituir a articulação por uma prótese.

Todos os tratamentos têm riscos e efeitos colaterais associados. O paciente deve conversar com seu médico para avaliar os benefícios e os riscos em cada situação específica.

Páginas relacionadas


Neste site
Exames: hemograma, velocidade de hemossedimentação, fator reumatoide, anticorpos antipeptídeos citrulinados
Estados clínicos/Doenças: artrite

Em outros sites da Internet
Arthritis Foundation: Osteoarthritis
Spine-Health.com: Spinal Osteoarthritis Health Hub

Fontes do artigo

NOTA: Este artigo se baseia em pesquisas que incluíram as fontes citadas e a experiência coletiva de Lab Tests Online Conselho de Revisão Editorial. Este artigo é submetido a revisões periódicas do Conselho Editorial, e pode ser atualizado como resultado dessas revisões. Novas fontes citadas serão adicionadas à lista e distinguidas das fontes originais usadas.

Fontes usadas na revisão atual

(Revised July 2010) National Institute on Arthritis, Musculoskeletal and Skin Diseases. Handout on Health, Osteoarthritis. Disponível on-line em http://www.niams.nih.gov/Health_Info/Osteoarthritis/default.asp#2 através de http://www.niams.nih.gov. Acessado em outubro de 2010.

MayoClinic.com. Osteoarthritis – Risk Factors. Disponível on-line em http://www.mayoclinic.com/health/osteoarthritis/DS00019/DSECTION=risk-factors através de http://www.mayoclinic.com. Acessado em outubro de 2010.

Fontes usadas em revisões anteriores

(© 2006)Osteoarthritis. Arthritis Foundation Disease Center [On-line information]. Available online at http://www.arthritis.org/conditions/diseasecenter/OA/ through http://www.arthritis.org.

(2005 December 29, Updated). Arthritis Advice. National Institute on Aging [On-line information]. Available online at http://www.niapublications.org/agepages/arthritis.asp through http://www.niapublications.org.