Nome formal
Ureia
Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em
25 de Abril de 2018.
At a Glance
Why Get Tested?

Para avaliar a função renal e monitorar a eficácia de diálise e outros tratamentos de doenças renais.

When To Get Tested?

Como parte de exames de rotina em situações clínicas em que pode haver comprometimento da função renal.

Sample Required?

Sangue obtido de uma veia do braço.

Test Preparation Needed?

Nenhuma.

What is being tested?

Esse exame mede a quantidade de ureia no sangue. O metabolismo de proteínas no fígado gera ureia, que é transportada pelo sangue e excretada na urina.

Doenças que afetam os rins ou o fígado podem alterar a quantidade de ureia no sangue. Se houver aumento de produção no fígado ou diminuição de excreção nos rins, os níveis sanguíneos aumentam.

How is the sample collected for testing?

Uma amostra de sangue obtida de uma veia do braço.

Is any test preparation needed to ensure the quality of the sample?

Nenhuma preparação é necessária.

Accordion Title
Common Questions
  • How is it used?

    A dosagem de ureia é usada, principalmente, com a dosagem de creatinina, para avaliar e monitorar pacientes com doenças renais. É feita, também, com frequência como parte de exames de rotina para avaliar a saúde de pacientes.

  • When is it ordered?

    A ureia é usada como parte da avaliação de rotina:

    • Em pacientes sem queixas específicas.
    • Como parte de exames de rotina.
    • Para verificar a função renal antes do início de certos tratamentos.
    • Durante atendimentos de emergência ou hospitalizações.

    É pedida com frequência junto com a dosagem de creatinina quando há suspeita de problemas renais. Alguns sinais e sintomas de doenças renais incluem:

    • Fadiga, incapacidade de concentração, perda do apetite e dificuldade de dormir.
    • Inchação (edema) em torno dos olhos, na face, no tronco e nas pernas.
    • Urina espumosa, com sangue ou cor de café.
    • Volume urinário pequeno.
    • Problemas urinários, como queimação, secreção anormal ou alteração de frequência urinária.
    • Dor nas costas sobre a localização dos rins.
    • Hipertensão arterial.

    É pedida também:

  • What does the test result mean?

    Níveis aumentados de ureia indicam diminuição da função renal, que pode ser resultante de doenças renais ou de diminuição do fluxo sanguíneo para os rins, que pode ocorrer com insuficiência cardíaca congestiva, choque, infarto do miocárdio, queimaduras graves, desidratação ou obstruções vasculares. Podem aumentar também quando aumenta o metabolismo de proteínas, com a ingestão excessiva de proteínas na dieta ou com sangramentos digestivos (por causa das proteínas presentes no sangue).

    Níveis diminuídos não são comuns nem preocupantes. Ocorrem em doenças hepáticas, desnutrição ou hidratação excessiva, mas o exame não é usado para diagnosticar ou monitorar esses problemas.

    Os níveis de ureia permanecem normais com apenas um rim em funcionamento, mesmo que o outro tenha lesões ou seja retirado.

  • Is there anything else I should know?

    Os níveis de ureia podem aumentar quando a alimentação é rica em proteínas e diminuir na situação oposta.

  • Que outros exames são usados para avaliar a função renal?

    A ureia e a creatinina no sangue são usadas para verificar a filtração de resíduos do sangue. Outros exames, como os eletrólitos sódio, potássio e cálcio fornecem mais informações.

  • A ureia se altera com a idade?

    Os níveis de ureia aumentam com a idade. Em bebês pequenos é cerca de 2/3 do encontrado em adultos jovens saudáveis. Acima de 60 anos de idade são um pouco mais altos. Em mulheres são um pouco mais baixos que em homens.

View Sources

Fontes usadas na revisão atual

August 2007) National Kidney and Urological Disease Information Clearinghouse (NKUDIC). Your Kidneys and How They Work. Available online at http://www.kidney.niddk.nih.gov/kudiseases/pubs/yourkidneys/index.htm#rate through http://www.kidney.niddk.nih.gov. Accessed November 2008.

(Update May 15, 2007) MedlinePlus Medical Encyclopedia. BUN. Available online at http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/003474.htm. Accessed November 2008.

American Urological Association. UrologyHealth.org, Kidney (renal) Failure. Available online at http://www.urologyhealth.org/adult/index.cfm?cat=02&topic=120#top through http://www.urologyhealth.org. Accessed November 2008.

Clarke, W. and Dufour, D. R., Editors (2006). Contemporary Practice in Clinical Chemistry, AACC Press, Washington, DC. Pp. 312-313.

Pagana K, Pagana T. Mosby's Manual of Diagnostic and Laboratory Tests. 3rd Edition, St. Louis: Mosby Elsevier; 2006 Pp. 525-527.

Fontes usadas em revisões anteriores

Thomas, Clayton L., Editor (1997). Taber’s Cyclopedic Medical Dictionary. F.A. Davis Company, Philadelphia, PA [18th Edition].

Pagana, Kathleen D. & Pagana, Timothy J. (2001). Mosby’s Diagnostic and Laboratory Test Reference 5th Edition: Mosby, Inc., Saint Louis, MO.

(2002 March). Medical Tests of Kidney Function. National Kidney and Urologic Diseases Information Clearinghouse, NIH Publication No. 02–4623 [On-line information]. Available online at http://kidney.niddk.nih.gov/kudiseases/pubs/kidneytests/index.htm through http://kidney.niddk.nih.gov.

Esson, M. and Schrier, R. (2002). Diagnosis and Treatment of Acute Tubular Necrosis. Ann Intern Med 2002;137:744-752 [On-line journal]. PDF available for download at http://www.annals.org/cgi/reprint/137/9/744.pdf through http://www.annals.org.

Agha, Irfan (2003 August 7, Updated). BUN. MedlinePlus Medical Encyclopedia [On-line information]. Available online at http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/003474.htm.

Agrawal, M. and Swartz, R. (2000 April 1). Acute Renal Failure. American Family Physician [On-line journal]. Available online at http://www.aafp.org/afp/20000401/2077.html through http://www.aafp.org.

Physician’s Reference Laboratory: Kidney Function Panel. Available online at http://www.prlnet.com/Kidney.htm through http://www.prlnet.com.