Também conhecido como
T3 Total
T3 Livre
T3L
Nome formal
Triiodotironina
Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em 04 de Outubro de 2017.
De relance
Por que fazer este exame?

Para auxiliar no diagnóstico de hipertireoidismo.

Quando fazer este exame?

Quando uma pessoa apresenta resultados anormais de TSH ou T4 ou tem sintomas de hipertireoidismo.

Amostra:

Uma amostra de sangue retirada de uma veia do braço.

É necessária alguma preparação?

Nenhuma preparação é necessária. Entretanto, alguns medicamentos podem interferir com o teste T3, portanto, informe seu médico e o laboratório sobre qualquer remédio que esteja tomando.

O que está sendo pesquisado?

Este exame mede a quantidade de triiodotironina ou T3 no sangue. O T3 é um dos dois principais hormônios produzidos pela glândula tireoide. O outro é chamado de tiroxina ou T4. A glândula tireoide é um órgão achatado e em formato de borboleta que se localiza na frente da traqueia, no pescoço. Os hormônios que el a produz controlam a taxa de energia utilizada pelo corpo. Sua produção é regulada por um sistema de feedback (realimentação). Quando os níveis sanguíneos dos hormônios tireoidianos caem, o hipotálamo libera o hormônio liberador de tireotropina, que estimula a glândula hipófise a produzir e liberar o Hormônio Estimulador da Tireoide (TSH). Este, então, estimula a glândula tireoide a produzir ou liberar mais hormônios tireoidianos. A maior parte desses hormônios produzidos é constituída de T4, que é relativamente inativo, mas é convertido em T3 (muito mais ativo) no fígado e em outros tecidos.

Se a glândula tireoide produz quantidades excessivas de T4 e T3, então a pessoa pode apresentar sintomas associados ao hipertiroidismo, como nervosismo, tremor das mãos, perda de peso, insônia e inchaço em volta dos olhos, que ficam irritados e secos. Em alguns casos, não se consegue mover os olhos normalmente e a pesoa pode aparentar estar com o olhar fixo. Em outros casos, os olhos apresentam-se salientes.

Se a glândula tireoide produz quantidades insuficientes de hormônios tireoidianos, então a pessoa apresenta sintomas de hipotireoidismo e um metabolismo lento, como ganho de peso, pele seca, fadiga e constipação. Os níveis no sangue dos hormônios podem estar aumentados ou diminuídos devido à produção insuficiente ou em excesso da glândula tireoide, devido à disfunção tireoidiana ou à produção insuficiente ou excessiva de TSH relacionada a uma disfunção hipofisária.

Cerca de 99,7% do T3 encontrado no sangue está ligado a uma proteína (principalmente a Proteína Ligadora de Tiroxina, mas também a várias outras) e o restante está livre (não ligado). Podem ser realizados testes de sangue específicos para medir tanto o hormônio T3 total (ligado e não ligado) ou o T3 livre (não ligado) no sangue.

Como a amostra é obtida para o exame?

Uma amostra de sangue é obtida inserindo-se uma agulha em uma veia do braço.

NOTA: Se exames médicos em você ou em alguém importante para você o deixam ansioso ou constrangido, ou se você tem dificuldade de lidar com eles, leia um ou mais dos seguintes artigos: Lidando com dor, desconforto ou ansiedade durante o exame, Conselhos sobre exames de sangue, Conselhos para ajudar crianças durante exames médicos, e Conselhos para ajudar idosos durante exames médicos.

Outro artigo, Siga essa amostra, fornece uma visão da coleta e do processamento de uma amostra de sangue e de uma amostra de cultura da garganta.

É necessário algum preparo para garantir a qualidade da amostra?

Não é necessária nenhuma preparação para o teste. Alguns medicamentos podem interferir com o teste T3. Portanto informe a seu médico e o laboratório sobre qualquer remédio que esteja tomando.

Accordion Title
Perguntas frequentes
  • Como o exame é usado?

    Um teste T3 é utilizado para avaliar a função tireoidiana. Ele é solicitado principalmente para ajudar no diagnóstico de hipertireoidismo e pode ser solicitado para ajudar a monitorar o estado de uma pessoa com um doença da tireoide. O exame de T3 é geralmente solicitado após um resultado anormal de TSH e exame de  T4. Podem er pedidos ambos os testes T3 Total e T3 Livre. Como a maior parte do T3 está ligada à proteína, o T3 total pode ser afetado pelos níveis de proteínas e pela capacidade de ligação da proteína, mas o T3 Livre, não. O testeT3 pode ser solicitado em conjunto com anticorpos tireoidianos para ajudar a diagnosticar a doença de Graves, um distúrbio autoimune que é a causa mais comum de hipertireoidismo.

  • Quando o exame é pedido?

    Um teste de T3 Total ou Livre pode ser solicitado quando uma pessoa apresenta resultados anormais de TSH ou exame de T4. Ele pode ser pedido como parte de uma investigação diagnóstica quando há sintomas sugestivos de hipertireroidismo.

    Sinais e sintomas podem incluir:

    • Aumento da frequência cardíaca
    • Ansiedade
    • Perda de peso
    • Dificuldades para dormir
    • Tremor nas mãos
    • Fraqueza
    • Diarreia (algumas vezes)
    • Sensibilidade à luz, distúrbios visuais
    • Os olhos podem ser afetados: inchaço à sua volta, secura, irritação e, em alguns casos, protrusão (olhos apresentam-se salientes).

    Um dos testes de T3 (Total ou Livre) pode er realizado algumas vezes em intervalos para monitorar uma condição tireoidiana conhecida e para ajudar a monitorar a eficácia do tratamento para hipertireoidismo.

  • O que significa o resultado do exame?

    Os resultados aumentados ou diminuídos dos hormônios tireoidianos indicam que há um desequilíbrio entre as necessidades do corpo e os níveis de hormônio, mas eles não informam ao médico o que está causando o excesso ou a deficiência especificamente. A tabela a seguir resume os resultados dos testes e seus possíveis significados.

    TSH T4 T3 InterpRetaÇÃO
    Alto Normal Normal Hipotireoidismo leve (subclínico)
    Alto Baixo Baixo ou normal Hipotireoidismo
    Baixo Normal Normal Hipertireoidismo leve (subclínico)
    Baixo Alto ou normal Alto ou normal Hipertireoidismo
    Baixo Baixo ou normal Baixo ou normal Doença não tireoidiana; hipotireoidismo pituitário raro (secundário)

    Se uma pessoa está sendo tratada com medicação antitireoidiana para hipertireoidismo e o T3 (ou mais frequentemente, o T4 ou TSH) é normal, então é provável que o medicamento esteja controlando a condição. Se o T3 ou T4 estão elevados, então a medicação não é suficiente para controlar a condição e a pessoa pode apresentar sintomas associados ao hipertireoidismo.

  • Há mais alguma coisa que eu devo saber?

    Muitos medicamentos — incluindo o estrogênio, alguns tipos de pílulas anticoncepcionais e grandes doses de aspirina — podem afetar os resultados do teste T3 e o seu uso deve ser informado a seu e ao laboratório médico antes de realizar o teste. Em geral, os níveis de T3 livre não são afetados por esses medicamentos.

    Quando uma pessoa está doente, o corpo diminui a produção de T3 a partir do T4. A maioria das pessoas que está doente o suficiente para estar em um hospital, terá níveis baixos de T3 ou T3 livre. Por essa razão, os médicos geralmente não utilizam o T3 como um teste de rotina na avaliação da tireoide em pacientes hospitalizados.

  • Como a gravidez afeta os hormônios tireoidianos?

    A gravidez pode aumentar os níveis de T3 total, embora isso não signifique que uma doença da tireoide irá se desenvolver. Para mais informações, consulte o site da Fundação de Tireoide da América (Thyroid Foundation of America), na página Thyroid Foundation of America: Thyroid Problems During and After Pregnancy - Are You At Risk?.

  • O que é um teste de captação de T3?

    A Captação de T3 é também conhecida como Captação de T3 em Resina (T3RU) ou Captação da Tireoide. Ela estima a quantidade de proteínas ligadoras de hormônio tireoidiano disponíveis no sangue, através de um cálculo com base nos níveis de T3 ou T4 adicionados em uma amostra de sangue de uma pessoa. Atualmente, é muito raro solicitá-lo. Prefere-se pedir a dosagem dos níveis de T3 e T4 livre.

  • O que é T3 reverso?

    T3 reverso (T3R ou T3REV) é uma forma biologicamente inativa de T3. Normalmente, quando o T4 é convertido a T3 no corpo, uma percentagem de T3 está na forma de T3R. Quando o corpo está em condições de estresse, como ocorre durante uma doença grave, os níveis de hormônios tireoidianos podem estar fora dos limites normais, mesmo que m]ao existe uma doença tireoidiana. O T3R pode estar elevado em outras condições não tireoidianas, particularmente relacionado estresse de uma doença.  Geralmente, recomenda-se que os testes tireoidianos sejam evitados em pacientes hospitalizados ou postergados até que a pessoa tenha se recuperado de uma doença aguda. O uso do teste T3R permanece controverso e ele não é amplamente solicitado.

Fontes do artigo

NOTA: Este artigo se baseia em pesquisas que incluíram as fontes citadas e a experiência coletiva de Lab Tests Online Conselho de Revisão Editorial. Este artigo é submetido a revisões periódicas do Conselho Editorial, e pode ser atualizado como resultado dessas revisões. Novas fontes citadas serão adicionadas à lista e distinguidas das fontes originais usadas.                                        

 

S1
Thomas, Clayton L., Editor (1997). Taber’s Cyclopedic Medical Dictionary. F.A. Davis Company, Philadelphia, PA [18th Edition].

S2
Pagana, Kathleen D. & Pagana, Timothy J. (2001). Mosby’s Diagnostic and Laboratory Test Reference 5th Edition: Mosby, Inc., Saint Louis, MO.

S3
Brown, T. (2004 January 27, Updated). T3 [12 paragraphs]. MedlinePlus Medical Encyclopedia [On-line information]. Available FTP: http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/003687.htm

S4
(© 2005). Triiodothyronine [2 paragraphs]. ARUP's Guide to Clinical Laboratory Testing [On-line information]. Available FTP: http://www.aruplab.com/guides/clt/tests/clt_259c.jsp#1149556

S5
Wu, A. (2006). Tietz Clinical Guide to Laboratory Tests, Fourth Edition. Saunders Elsevier, St. Louis, Missouri. Pp. 1076-1081.

S6
ARUP's Laboratory Test Directory: T3 Uptake. Available online: http://www.aruplab.com/guides/ug/tests/0070135.jsp

S7
Amarillo Medical Specialists: How to interpret your blood test results. Available online: http://www.amarillomed.com/howto.htm

S8
MedlinePlus Medical Encyclopedia: T3RU test. (Updated 10/24/07) Available online: http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/003688.htm