Também conhecido como
Taxa de filtração glomerular calculada
Nome formal
Taxa de filtração glomerular estimada
Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em
22 de Junho de 2018.
At a Glance
Why Get Tested?
Para avaliar a função renal.
When To Get Tested?
Quando o médico suspeita da presença ou do risco de uma lesão renal.
Sample Required?
A taxa de filtração glomerular estimada é uma avaliação da taxa de filtração glomerular real baseada na dosagem de creatinina, que requer uma amostra de sangue colhida de uma veia do braço. A fórmula recomendada inclui também idade, gênero e etnia. Outras fórmulas podem incluir também peso e altura.
Test Preparation Needed?
Nenhuma
What is being tested?
A estimativa da filtração glomerular é uma medida da função renal. Os glomérulos são pequenos filtros nos rins que removem resíduos do sangue, evitando a perda de componentes importantes, como células e proteínas. Os rins normais filtram cerca de 200 litros de sangue, produzindo aproximadamente 2 litros de urina. A taxa de filtração glomerular mede a quantidade de sangue filtrada pelos glomérulos em 1 minuto. Quando a função renal diminui devido a lesão ou doença, a taxa de filtração glomerular diminui e os resíduos se acumulam no sangue.

Doença renal crônica está associada a uma diminuição da função renal, em geral progressiva. Pode ocorrer em muitos estados clínicos, incluindo diabetes e hipertensão arterial. A detecção precoce de disfunção renal pode ajudar a diminuir a lesão. Isso é importante porque doenças renais podem não ser percebidas até a perda de 30% a 40% da função renal.

A medida direta da taxa de filtração glomerular é o modo mais preciso de detectar alterações da função renal, mas é complicada e, em geral, só é feita em ambientes de pesquisa. Por isso, o uso da taxa de filtração glomerular estimada é mais comum.

A estimativa da filtração glomerular é calculada com base na dosagem de creatinina no sangue. A creatinina é um produto do metabolismo muscular filtrado do sangue nos rins e excretado na urina em uma velocidade relativamente constante. Quando a função renal diminui, menos creatinina é excretada e sua concentração sanguínea aumenta. Com a dosagem de creatinina no sangue, pode-se fazer uma avaliação razoável da taxa de filtração glomerular real.

How is the sample collected for testing?

Uma amostra de sangue obtida com uma agulha de uma veia do braço. Dependendo da fórmula usada, pode ser necessário saber idade, gênero, etnia, altura e peso do paciente.

Is any test preparation needed to ensure the quality of the sample?

Não é necessária nenhuma preparação.
Accordion Title
Common Questions
  • How is it used?
    A estimativa da filtração glomerular é usada para pesquisar e detectar lesões renais iniciais e para monitorar o estado dos rins. É obtida por um cálculo a partir do resultado da dosagem de creatinina. Esta é pedida como parte de uma rotina de triagem ou junto com a dosagem de uréia para avaliar o estado dos rins. É pedida também para monitorar pacientes com doença renal conhecida ou com doenças como diabetes e hipertensão arterial, que podem causar lesão renal.

     

  • When is it ordered?
    A estimativa da filtração glomerular pode ser determinada sempre que uma amostra de sangue é enviada para dosagem de creatinina. A National Kidney Foundation, dos EUA, a Sociedade Brasileira de Nefrologia e a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial recomendam que ela seja calculada sempre que se fizer a dosagem de creatinina. A creatinina e a taxa de filtração glomerular podem ser pedidas sempre que o médico quiser avaliar a função renal de uma pessoa como parte de um exame de saúde de rotina ou quando há suspeita de doença renal.

    Sinais de aviso de doença renal incluem:

    • Inchação ou edema, especialmente em torno dos olhos, ou face, nos pulsos, no abdome, nas coxas e nos tornozelos.
    • Urina turva, com sangue ou cor de café.
    • Diminuição da quantidade de urina.
    • Problemas para urinar, como queimação ou secreção anormal durante a micção, ou alteração da frequência da eliminação de urina, especialmente à noite.
    • Dor no meio das costas (no flanco), abaixo das costelas, onde estão localizados os rins.
    • Hipertensão arterial

    Com a piora da doença renal, os sintomas podem incluir:

    • Aumento ou diminuição da frequência de eliminação de urina.
    • Coceira no corpo.
    • Cansaço, perda de concentração mental.
    • Perda do apetite, náuseas e vômitos.
    • Edema e/ou insensibilidade nas mãos e pés.
    • Escurecimento da pele.
    • Espasmos musculares.

    A estimativa da filtração glomerular pode ser pedida periodicamente quando a pessoa tem uma doença renal crônica ou um problema associado a lesão renal, como diabetes ou hipertensão arterial.

    .
  • What does the test result mean?
    A estimativa da filtração glomerular detecta doença renal em seus estágios iniciais com mais precisão que a dosagem de creatinina isolada. Como o cálculo funciona melhor para avaliar função renal reduzida, a National Kidney Foundation, dos EUA, sugere que sejam relatados apenas resultados abaixo de 60 mL/min (os valores normais são 90 a 120 mL/min, de acordo com a National Kidney Foundation). Um valor abaixo de 60 mL/min sugere a ocorrência de alguma lesão renal. Os resultados devem ser interpretados em relação à história e ao estado clínico.

    A National Kidney Foundation sugere que todas as pessoas conheçam sua taxa de filtração glomerular. Recomenda que os resultados sejam interpretados com base na tabela abaixo:

    Grau de lesão renal Descrição TFG* Outros achados
    1 Normal ou lesão renal mínima com TFG normal 90 ou mais Proteínas ou albumina aumentadas na urina; presença de células ou cilindros
    2 Pequena diminuição da TFG 60-89
    3 Diminuição moderada da TFG 30-59
    4 Diminuição grave da TFG
    15-29
    5 Insuficiência renal
    <15  

    * TFG = taxa de filtração glomerular (mL/min)

     

  • Is there anything else I should know?
    Outro método de avaliar a função renal é a medida dos níveis sanguíneos de cistatina C. Há um interesse crescente no uso desse exame. O clearance da creatinina também envolve, além da creatinina no sangue, a colheita de urina por período (24 horas) para medir a creatinina na urina e comparar os valores no sangue e na urina.

    A quantidade de creatinina produzida e excretada é afetada pela massa muscular da pessoa e pela quantidade de proteínas na dieta. Homens tendem a ter níveis sanguíneos de creatinina mais altos que mulheres ou crianças.

    A estimativa da filtração glomerular diminui com a idade e com algumas doenças, e pode aumentar durante a gravidez.

    A estimativa da filtração glomerular deve ser usada quando a função renal e a produção de creatinina estão estáveis. Se o nível de creatinina for medido quando a função renal está mudando com rapidez, como na insuficiência renal aguda, o cálculo não fornecerá uma avaliação útil da taxa de filtração glomerular. Uma fórmula um pouco diferente deve ser usada para pessoas com menos de 18 anos de idade.

    A taxa de filtração glomerular estimada pode não ser útil também em pessoas com alterações da produção de creatinina. Isso pode incluir pessoas muito musculosas (como fisiculturistas), com massa muscular reduzida (atrofia muscular), muito obesas ou desnutridas, vegetarianos estritos, pessoas que ingerem poucas proteínas ou que usam suplementos de creatina. Do mesmo modo, o cálculo da taxa de filtração glomerular estimada não é válido para pessoas com 75 anos de idade ou mais, porque a massa muscular diminui com a idade.

    A taxa de filtração glomerular estimada também pode ser alterada por diversos medicamentos, como gentamicina, cisplatina e cefoxitina, e por problemas que diminuem o fluxo sanguíneo para os rins.

    A equação mais usada para o cálculo da estimativa da filtração glomerular, recomendada pela National Kidney Foundation, dos EUA, é chamada MDRD (estudo Modification of Diet in Renal Disease). Ela usa o resultado da creatinina no sangue, a idade e parâmetros baseados no gênero e na etnia.

     

  • Como a minha estimativa de filtração glomerular pode ser medida?
    O melhor método de medida da taxa de filtração glomerular é um procedimento chamado clearance da inulina. Envolve a infusão venosa de uma solução de inulina (não confunda com insulina) e colheita de diversas amostras de urina em tempos estabelecidos durante algumas horas. Os volumes de urina são anotados e a quantidade de inulina é medida em cada amostra para a determinação da taxa de filtração glomerular. Esse exame e outros para determinar a taxa de filtração glomerular, como alguns usando marcadores radioativos, não são feitos de rotina, sendo usados apenas em ambientes de pesquisa.
  • Como eu calculo a minha taxa de filtração glomerular?
    Se você tem um resultado recente de creatinina, pode calcular a taxa de filtração glomerular estimada usando a calculadora existente no site da National Kidney Foundation, dos EUA. Pergunte a seu médico se tiver dúvidas sobre a interpretação do resultado.
  • A estimativa da filtração glomerular é calculada sempre que é pedida a dosagem de creatinina?
    Isso é recomendado e feito por muitos laboratórios, mas não foi adotado por todos. A taxa de filtração glomerular estimada pode sempre ser calculada a pedido do médico.
  • Por que o médico quer repetir meu exame?
    Se não for para monitoração periódica, o médico pode achar que um problema passageiro pode ter afetado o resultado.
  • Que outros resultados podem sugerir disfunção renal?
    Diabéticos e outras pessoas em risco de doença renal podem ser investigadas pesquisando pequenas quantidades de albumina (microalbuminúria). Proteínas, albumina e sangue na urina podem ser sinais de lesão renal.
View Sources
S1
National Kidney Foundation. DOQI: Clinical Practice Guidelines. Available online: http://www.kidney.org/professionals/kdoqi/guidelines

S2
National Kidney Foundation. Glomerular Filtration Rate. Available online: www.kidney.org/kidneydisease/ckd/knowGFR.cfm

S3
National Kidney Foundation. Kidney Learning System: GFR. Available online: http://www.kidney.org/professionals/KLS/gfr.cfm

S4
Levey et al. A more accurate method to estimate glomerular filtration rate from serum creatinine: a new prediction equation. Modification of Diet in Renal Disease Study Group. Annals of Internal Medicine. 1999; 130(6):461-470.