Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em 10 de Julho de 2017.

Doze milhões de brasileiros são afetados pela diabetes. A cada ano são diagnosticados 5 mil novos casos da doença no país. Ela é uma das maiores causas de cegueira e insuficiência renal e aumenta em até quatro vezes o risco de ocorrerem doenças cardiovasculares. As informações são da Federação Internacional de Diabetes.

O diabetes tipo 1 ocorre quando o corpo não produz insulina. O do tipo 2 se dá nos casos em que há produção da insulina, mas em quantidade insuficiente ou quando ela não é processada pelo organismo de forma adequada.
Os alimentos são digeridos no intestino e parte deles se transforma em açúcar (glicose), que é enviado para o sangue para se transformar em energia. Mas para transformar a glicose em energia, o organismo precisa de insulina, substância produzida nas células do pâncreas. No diabético, a glicose não é bem aproveitada pelo organismo devido à falta ou insuficiência de insulina, o que causa a hiperglicemia — excesso de glicose no organismo.
Enquanto o diabetes é uma doença crônica sem cura, o pré-diabetes é um estágio anterior em que ainda há como reverter o quadro. Nessa situação, os níveis de açúcar no sangue já estão acima do que é considerado normal, mas ainda é possível reverter o quadro através de mudanças no estilo de vida, que inclui adotar uma alimentação mais saudável, deixar de fumar e praticar exercícios físicos de forma regular.

O diabetes tipo 1 ocorre quando o corpo não produz insulina. O do tipo 2 se dá nos casos em que há produção da insulina, mas em quantidade insuficiente ou quando ela não é processada pelo organismo de forma adequada.

Os alimentos são digeridos no intestino e parte deles se transforma em açúcar (glicose), que é enviado para o sangue para se transformar em energia. Mas para transformar a glicose em energia, o organismo precisa de insulina, substância produzida nas células do pâncreas. No diabético, a glicose não é bem aproveitada pelo organismo devido à falta ou insuficiência de insulina, o que causa a hiperglicemia — excesso de glicose no organismo.

Enquanto o diabetes é uma doença crônica sem cura, o pré-diabetes é um estágio anterior em que ainda há como reverter o quadro. Nessa situação, os níveis de açúcar no sangue já estão acima do que é considerado normal, mas ainda é possível reverter o quadro através de mudanças no estilo de vida, que inclui adotar uma alimentação mais saudável, deixar de fumar e praticar exercícios físicos de forma regular.

Sources

Agência Brasil